Acompanhe a Ação Solidária e fique por dentro de todas nossas iniciativas ;)

Home / Acontece / Alimentação saudável previne obesidade infantil e câncer
17/abr/2020

Alimentação saudável previne obesidade infantil e câncer

Incentivar as crianças a comerem de forma balanceada e com qualidade é uma das maneiras de evitar a obesidade e de prevenir o câncer.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 2,3 milhões de pessoas, no mundo, têm sobrepeso ou são obesas. No Brasil, mais da metade da população (55,7%) está com excesso de peso, conforme pesquisa realizada pela Vigitel.

Os dados, de 2018, apontam o maior aumento da obesidade na população feminina adulta, de 25 a 44 anos, com índice de 20,7% contra 18,7% dos homens. O excesso de peso também afetou mais as mulheres jovens, de 18 a 24 anos. Entre crianças e adolescentes, o cenário não muda muito, indicando que 12,7% dos meninos e 9,4% das meninas estão obesos.

As causas para a obesidade vão além dos fatores genéticos, estando muito ligadas à má alimentação. Ao invés de frutas, verduras, legumes e grãos, o cardápio da população está baseado em alimentos processados, ricos em açúcares, gorduras e sal. E isso não causa apenas obesidade, mas retarda o crescimento.

Combater a obesidade infantil é primordial, porque é muito grande a probabilidade de uma criança obesa se tornar um adulto acima do peso, com consequências bem ruins à saúde, como aumento do risco de câncer, depressão, esclerose múltipla, diabetes, asma, pressão alta, insuficiência cardíaca e demência. Adultos com obesidade grave, desde a infância, vivem até dez anos menos em relação aos que mantiveram o peso ideal.

Dicas para uma vida mais saudável

Abaixo, algumas dicas que ajudam a manter as crianças dentro do peso ideal e, por que não, os adultos também:

  • Coma verduras e legumes no almoço e no jantar e, ao longo do dia, três porções de frutas
  • Reduza o consumo de farinha branca, arroz branco, açúcar refinado, bolachas e salgadinhos
  • Faça uso de arroz integral, pão integral e farinha integral
  • Troque o açúcar refinado pelo mascavo ou pelo açúcar de coco
  • Evite o consumo de refrigerantes e sucos de caixinha
  • Beba mais água do que bebidas doces
  • Entre comer uma fruta ou tomar o seu suco, fique com a primeira opção, porque a versão líquida tem muita frutose e nenhuma fibra
  • Sempre que possível, compre alimentos orgânicos, sem agrotóxicos e pesticidas
  • Pratique uma atividade física regulamente